Seguidores

segunda-feira, 30 de abril de 2012

A semente, o solo e o semeador (para quem semeia)



Discutiam certo dia
A semente, o solo e o semeador
Culpa de quem seria
A semente que não deu flor?

Do solo, certamente
Diz o esforçado semeador
Que ao lançar a semente
Esperava sua flor

E se for mentirosa a semente,
Pergunta o solo duvidoso
Eu a acolhi de boa mente
Afirma, orgulhoso

Transpassada pela dor
Grita ferida a semente
Quem sabe então, o semeador
Seja o enviado da serpente?

Só mente a semente
Se mentiroso for o semeador
Pois seu trabalho somente
É semear por amor.

Um comentário: